Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CINEBLOG

CINEBLOG

Superman Returns



"You took five years from my life. I'm just returning the favor!"

... estou triste.

Depois de ter estado estes anos todos à espera do regresso ao homem de aço, e de muita tinta e dinheiro ter corrido sobre o assunto (todos nos lembramos das aranhas gigantes e dos ursos polares assassinos do Jon Peters, e da versão Burtoniana com o Nick Cage), ele finalmente regressou... mas...

Não me interpretem mal. O elenco dificilmente poderia estar melhor (Brandon Routh foi uma escolha credível e o Kevin Spacey é o maior), os efeitos especiais são do melhor que se pode fazer lá para o lados de Hollywood, a realização de Singer é acima da média e a música do John Williams continua a causar uma série implacável de arrepios na espinha (principalmente acompanhada de uma réplica quase perfeita do genérico original)... Mas... que raio de história é aquela?

O "romance" entre a Lois e o Superman (sim, porque o Clark poucas vezes aparece no ecrã, e quando faz é com uma inconsequência impressionante) tem tão pouca chama como... - ok, não me ocorre nenhuma comparação decente, mas perceberam a ideia. Se pretendiam atrair o público feminino falharam redondamente. A meio do filme já pouco me interessavam as personagens supostamente principais, e o único que ainda me mantinha interessado era o Lex Luthor, e olhem que o plano dele roçava o ridículo (usar os cristais para criar um novo continente? - nahh ... ), mas isso sim, o Kevin Spacey esteve fenomenal, criando um Luthor muito mais credível e assustador que a caricatura criada por Gene Hackman nos anos 70.

Poderia ter sido feito tão bom... Pronto, ao menos fomos brindados com o que de melhor existe em termos de acção visual. A cena do avião é fantástica, a luta entre o Lex o Superman tem contornos míticos, e a forma como o Lex Luthor foi apresentado não poderia ter sido melhor.

Quero acreditar que este tenha sido apenas um aquecimento, e que para a próxima vez que ele voltar - porque mais tarde ou mais cedo, ele vai voltar - estejamos perante um filme que faça justiça ao super-herói por excelência.

Um regresso... razoável, a fazer lembrar um pacote de batatas fritas de uma marca que todos conhecemos. Muito grande e bonito por fora, mas vai-se a abrir e encontramo-nos com meia dúzia de batatas no fundo do pacote.

Mais um vez... estou triste.

(6/10)



















3 comentários

Comentar post

Siga-nos:

Blogue a 24fps que não necessita de óculos 3D. Online desde 2003.

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.