Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CINEBLOG

CINEBLOG

Não me apontes isso Clint. Apesar de tudo continuo a amar-te!

 
"Sei o que estás a pensar, estou uns anos
mais velho, sim, mas mesmo assim...
Do you feel lucky, punk?"



Ninguém duvida que Clint Eastwood é uma figura incontornável no panorama cinematográfico norte-americano. O actor de Dirty Harry parece actuar como o único elo de ligação ao cinema de outros tempos. Uma homenagem activa ao que de melhor se fez no outro lado do oceano durante os anos dourados de Hollywood.

O seu estilo é inconfundível: enquadramentos simples, contemplativos. Uma figura perfeccionista que não descura nenhum pormenor.

Não obstante, há algo de invariavelmente datado nas suas últimas obras. “Changeling” já tinha deixado antever que algo se estava a passar. Infelizmente a confirmação chega agora.

Formalmente “Gran Torino” não é um mau filme. A realização mantém a classe a que Eastwood já nos habituou, embora comece a não ser suficiente. Depois de “Million Dollar Baby”, “Changeling” ou “Mystic River”, a fórmula parece estar a ganhar umas irritantes teias de aranha.

 

 

Texto publicado na íntegra aqui.

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Siga-nos:

Blogue a 24fps que não necessita de óculos 3D. Online desde 2003.

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.