Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CINEBLOG

CINEBLOG

O passado dos formatos de vídeo domésticos


Por muito interessante que seja ver um filme numa sala de cinema, a experiência cinematográfica está longe de se esgotar quando as luzes se acendem. O verdadeiro amante de cinema (seja ele comercial, de autor, independente ou indiemercial) é constantemente atacado por um desejo de possessão. Para satisfazer essa necessidade é obrigado a recorrer aos formatos caseiros.

Na actualidade, esse mercado doméstico (e só me estou a referir aos formatos físicos) é dominado pelo DVD, com o Bluray no papel de jovem promessa. Mas nem sempre foi assim (e não estou só a falar do saudoso VHS).

O webguru James Rolfe (ou AVGN para os amigos) resolveu publicar um conjunto de vídeos que nos transportam até ao meandros mais obscuros dos formatos de vídeo.

Temos o Laserdisc, as cassetes Beta, o peculiar leitor CED e termina com uma comparação entre os vários formatos.

 

Uma viagem ao passado indispensável.

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Siga-nos:

Blogue a 24fps que não necessita de óculos 3D. Online desde 2003.

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.